domingo, 15 de março de 2009

Índios - Legião Urbana




"Quem me dera
Ao menos uma vez
Provar que quem tem mais
Do que precisa ter
Quase sempre se convence
Que não tem o bastante
Fala demais
Por não ter nada a dizer"
Infelizmente são estes que nos dão os espelhos "mágicos". Não podemos ficar omissos a neocolonização imposta a nós. Somos os novos índios; estão levando embora até o que não temos; somos pilhados o todo tempo, por todas as intiuições; recebemos um salário indigno que deve ser o suficiente para nos mantermos em pé no trabalho, sustentar nossas famílias, comprar remédios, pagar dízimo, mil e um impostos, inclusive a taxa sindical, para quem deveria defender nosso direitos e ainda tentam nos convencer de que contribuimos pouco; assim criam, criança esperança, big brother brasil, canais de televisão pagos pelo público etc. mas de fato, estão aliados a dominação; enfim, estamos agindo passivamente frente ao escambo da exploração capitalista; precisamos dar um basta.
"Quem me dera
Ao menos uma vez
Como a mais bela tribo
Dos mais belos índios
Não ser atacado
Por ser inocente."...

4 comentários:

  1. Olá Priori! Este blog está no radar e blog Maringá em Destaque.

    http://maringaemdestaque.blogspot.com/

    http://radarmaringaemdestaque.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. "Nõ ser atacado
    Por ser inocente"...


    Trucidado, por ser inocente..

    ResponderExcluir
  3. Frei Danilo José Janegitz OAR

    Olá Josimar, eu creio que você está contribuindo muito por uma reflexão madura. Realmente este é um grande desafio para a sociedade hoje. Estou lendo um livro muito interessante que vai nesse sentido, recomendo pra você, não sei se o título é o mesmo em português: "el hombre light" de Enrique Rojas. Estamos necessitando de pessoas consistentes em meio ao mundo light, em que as pessoas são completamente passivas ante a realidade que as circunda!

    Abraço meu caro e que vc possa continuar esse projeto!

    ResponderExcluir
  4. Faz muito sentido todas as suas palavras Josimar...
    Sinto um alívio e um conforto por saber que existem pessoas que pensam nesse país.
    O capitalismo está engolindo a pureza, o humanismo, o caráter e a capacidade intelectual de muita gente.

    Gisele

    ResponderExcluir